images/sal-avisitar/1.jpg
images/sal-avisitar/2.jpg
images/sal-avisitar/3.jpg

 

Locais de Interesse
O único vulcão ativo está na ilha de Fogo, as suas pedras tornam a paisagem exclusiva para visitantes mais arrojados.

As Ilhas são de origem vulcânicas e estão posicionadas entre os paralelos 15 e 17 de latitude norte.

Cabo Verde é constituído por dois tipos muito diferentes de ilhas. São seis ilhas habitadas e caracterizadas por suas paisagens montanhosas, enquanto as demais são distinguidas por terem extensas areias douradas.

A Ilha da Boa Vista é a ilha das dunas que encontram o mar, ilha dos desportos náuticos e o berço de muitos músicos cabo-verdianos, que inspirados no isolamento desta ilha serena, criaram a “morna”, expressão máxima da
música deste belo arquipélago.

A vila de Sal-Rei evidencia os sinais arquitectónicos de um passado áureo, quando as salinas do séc. XVII eram a fonte principal da riqueza da ilha. Defronte à ilha onde podemos admirar as ruínas do antigo forte Duque de Bragança
que descansa sobre um pequeno ilhéu.

Vale lembrar que os Cabo-verdianos são pessoas simples e amigáveis, porém carregam dentro de si um lema chamado “sem pressão”, a expressão local chama-se morabeza.

Tudo acontece ao seu tempo, ou seja, um passo ainda muito mais lento, portanto mais saudável. Isso significa que qualquer visitante ao passar por estas ilhas tem que deixar para trás a vida agitada das grandes cidades.

Cabo Verde foi uma colônia de Portugal e as ilhas possuem muitas marcas desse país de origem. A língua corrente é o português para todos os ilhéus, embora o idioma local é o Crioulo português.

Para os amantes de desportos náuticos, Cabo Verde – Ilha do Sal, está inscrito no Circuito de Mundial de "Triathlon", pois além de praias exuberantes, possui os melhores ventos para a práticas de desportos em que o vento é factor chave. 

Este site usa cookies para melhorar a sua navegação. Se continuar a navegar entendemos que aceita o seu uso. Saiba mais...