A VISITAR

m forte ao crepusculoTambém conhecido por Forte de Nossa Senhora da Penha de França, Forte do Pau da Bandeira ou Forte do Registo. Construído entre 1680 e 1690, defendia o acesso ao cais e os flancos sudeste e nascente da muralha da cidade, cruzando fogo com o baluarte da Porta da Vila e com o baluarte do Castelo dos Governadores. Concebido, ao tempo, como uma das fortalezas tecnicamente mais avançadas de todo o Algarve, a planta quadrangular, os volumes relativamente baixos e paredes bem grossas nas secções viradas ao mar, evidenciam uma arquitetura militar idealizada para aproveitar a guerra de artilharia. O fosso que envolve o forte é ultrapassado por uma ponte levadiça. As guaritas cilíndricas foram introduzidas pelas campanhas de restauro efetuadas por volta de 1960. No interior, conserva-se uma pequena capela seiscentista forrada a azulejos. É um dos melhores e mais bem conservados exemplares do século XVII existentes em todo o Algarve, constituindo um autêntico ex-líbris das fortificações marítimas da antiga Praça de Guerra em Lagos.

Atualmente funciona no seu interior um polo museológico evocativo da época dos Descobrimentos e salas de exposições temporárias. Na cobertura está patente uma exposição de esculturas do artista plástico lacobrigense, já falecido, José Maria Pereira.

Local: Cais da Solaria

m museuFundado em 1932, por iniciativa do seu patrono, José dos Santos Pimenta Formosinho, o Museu rapidamente se desenvolveu através de esforços conjugados, onde as escavações arqueológicas levadas a cabo pelo fundador se revelaram de extrema importância para o enriquecimento das coleções, bem como as constantes doações de que o Museu foi alvo, e que atualmente fazem do mesmo um museu multidisciplinar.

Possui um vasto espólio, distribuído pelas secções de Arqueologia, Arte Sacra, História de Lagos, Etnografia do Algarve, Pintura, Numismática, Mineralogia e Etnografia Ultramarina. Possui coleções singulares e peças museográficas únicas em Portugal que, por si só, justificam uma visita.

A entrada no Museu faculta o acesso ao interior da Igreja de Santo António, uma autêntica joia da talha dourada barroca em Portugal.

Local: Rua General Alberto Silveira, 8600 Lagos
Tel.: 282 762 301 / 282 770 020 | Fax: 282 782 058
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Este site usa cookies para melhorar a sua navegação. Se continuar a navegar entendemos que aceita o seu uso. Saiba mais...