A VISITAR

m igrejadesantoantonioEdificada em 1707, foi reconstruída após o terramoto ter destruído a maior parte do edifício e da sua talha dourada. É uma construção em estilo Barroco, cuja simplicidade exterior contrasta com a riqueza decorativa do interior. A decoração em talha dourada é considerada das mais belas do País.

A obra do retábulo, que sobreviveu ao terramoto, foi encomendada em 1718 ao entalhador Gaspar Martins. A restante obra de talha é atribuída ao entalhador Custódio Mesquita. O tecto, imitação de uma abóbada de berço, apresenta pintura em perspectiva, com as armas de Portugal ao centro. No altar, sobre o trono, está colocado o padroeiro Santo António, com o Menino no braço. Um silhar de azulejos azuis e brancos complementa este interior, onde predomina um forte sentido de ilusão e imaterialidade, provocada pela conjugação do brilho do ouro e do azulejo. No pavimento da igreja, a lápide sepulcral de Hugo Beaty, Comandante do Regimento de Infantaria de Lagos e responsável pela reedificação da Igreja em 1769.

Fonte: CM-Lagos.pt

m igrejadenossasenhoradocarmoEm 1498 foi construída a Igreja da Misericórdia, à qual foi adossado posteriormente o hospital da mesma casa. Sofreu restauros e ampliações nos sécs. XVI e XVII, acabando por ser instituída igreja paroquial, dedicada a Santa Maria, aquando da destruição pelo terramoto de 1755 do antigo templo da paróquia.

Edifício de arquitectura neoclássica composto por nave única com três capelas colaterais e sacristia adossada à fachada lateral esquerda. Com a frente voltada à Praça do Infante, apresenta uma composição simétrica, tendo como elementos centrais sobrepostos, a porta da entrada, a janela da sacada e um nicho para imagem. A simetria é reforçada pelas duas torres laterais, com campanários. O interior encontra-se enriquecido com retabulística da segunda metade do século 18.

Fonte: CM-Lagos.pt

m igrejadaluzA Igreja de Nossa Senhora da luz reúne traços arquitectónicos de tipologia tardo-gótica, manuelina e barroca. 

De origem incerta, há notícia de uma inscrição referindo o ano de 1521; apresenta uma pia baptismal única na região, com sete quinas simbolizando os sete sacramentos. A relativamente ampla capela-mor, de três tramos cobertos por abóbada estrelada dotada de cadeia central, e três bocetes decorados com medalhões, é a parte mais antiga actualmente conservada do conjunto.

Fonte: CM-Lagos.pt

m fototecaSituado no Largo Marquês de Pombal, em pleno centro histórico da cidade, o edifício do antigo Posto de Turismo de Lagos, que atualmente alberga a Fototeca Municipal de Lagos e uma sala de exposições temporárias, é um dos exemplos locais da arquitetura modernista que eclodiu na Europa no início dos anos 40, estimulada pelas novas potencialidades do betão armado que, em Portugal, nos edifícios públicos, se pretendeu afirmar como um estilo arquitetónico genuinamente português.

A Fototeca Municipal de Lagos, para além de uma das suas principais funções - a gestão do acervo fotográfico do município -, continua a ser um espaço promotor de várias iniciativas, sejam exposições ou workshops de fotografia. Saiba mais em: Fototeca Municipal de Lagos.

Fonte: CM-Lagos.pt

Este site usa cookies para melhorar a sua navegação. Se continuar a navegar entendemos que aceita o seu uso. Saiba mais...